Como limpar o cache do DNS com Flush DNS

Em diversos casos quando alteramos algum endereço de DNS, como por exemplo quando mudamos um site de servidor, o mesmo não se reflete de imediato no computador que utilizamos, impedindo o acesso ao site ou dando a aparência de que o site está "fora do ar".

Isso geralmente acontece durante o período de propagação das DNSs na rede e isso pode levar algumas horas (no máximo 72h). Mas para agilizar, podemos usar um comando no Prompt de Comando para efetuar a liberação do cache do DNS. Este procedimento se chama FLUSH.

Veja como aplicar o Flush DNS:

Flush DNS em Windows 98/NT/2000/XP
Abra o seu Prompt de Comando (Clique no "Menu Iniciar" > "Executar", escreva "cmd.exe" e clique em OK) e digite o seguinte comando:

ipconfig /flushdns


Flush DNS em Windows Vista e Windows 7
Abra o seu Prompt de Comando (Clique no "Menu Iniciar" > "Todos os Programas" > "Acessórios", clique com o botão direito do mouse na opção "Prompt de Comando" e selecione "Executar como administrador") e digite o seguinte comando:

ipconfig /flushdns}}


Flush DNS em MacOSx
Fazer FlushDNS no sistema operacional MacOSx é também muito fácil, no entanto os passos dependem da versão do OSx que estiver utilizando.
Para Mac OS X Leopard, você deverá executar os seguintes passos: Abra o seu Terminal (Procure no Spotlight por "Terminal") e digite o seguinte comando:

dnscacheutil --flushcache


Para MacOSx 10.5.1 ou versões anteriores, deverá executar os seguintes passos: Abra o seu Terminal (Procure no Spotlight por "Terminal") e digite o seguinte comando:

lookup --flushcache


Flush DNS em Linux
Se o seu serviço de DNS em Linux é o nscd (Name Service Cache Daemon), então terá que executar o seguinte comando com o usuário ROOT:

/etc/init.d/nscd restart
IMPORTANTE! Em alguns casos é necessário reiniciar o modem e o computador para que o Flush DNS funcione.
  • solução, dns, limpar cache
  • 0 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?